quinta-feira, maio 12, 2005

Twister (av. Visconde de Valmor)

Presenciei algo absolutamente inédito: quase todos os que pediam pratos do dia mandavam para trás. Isto porque o prato do dia indicado não era o que vinha servido. Em vez dos lombinhos recheados com arroz árabe, vinham uns pedaços de carne com chouriço e arroz amarelo. Sugestão para o chef: se cozinhar não beba; ou então, introduzir como nova especialidade caseira o prato de "pedaços de vitela estufada e chouriço com arroz de caril".
Eu optei por uma francesinha que definivamente não se enquadrava nas melhores que já comi; era mesmo das piores. Não recomendo, como também não aconselho as pizzas, que não pareciam lá grande coisa. A qualidade da comida, sem ser intragável, não é a melhor; excepção para o brownie com gelado e chocolate quente; esse sim, é muito bom.
Quanto ao resto, alguns aspectos positivos: rapidez aceitável, bons preços (6,5€ pela francesinha + meio litro de água e a sobremesa a dividir por dois), espaço agradável e bem frequentado (bonitas paisagens...).
Gostei: Sobremesa já referida, preço e clientela feminina.
Não gostei: Qualidade da comida.
Apreciação: Fica uma dica: para organizar um jantar para 20 pessoas ou mais, há um menu de grupo bom e económico. Se for esse o caso, vale a pena investigar melhor. Caso contrário, não vale a pena. E com o Super-Chefe ali bem pertinho, o Twister não tem a mínima hipótese...

1 comentário:

rad disse...

Concordo com o que li, tambem acho que no geral nao satisfaz e, para quem conheça o super-chefe, é curioso comparar a ementa, em várias partes parece uma cópia (mas de qualidade inferior) da do Super Chefe. Ate a melhor sobremesa que têm é semelhante à do Super-chefe.